gestão de abastecimentos

A gestão de abastecimentos é uma das interfaces da gestão de frotas e é um dos maiores desafios dos gestores

No entanto, apesar de o controle de combustível não ser algo simples de fazer, por causa de algumas variáveis como engarrafamentos ou desvios de rota, é possível chegar a algo próximo disso. 

Para ajudar, juntamos neste artigo três principais aspectos, diretos e indiretos, que podem ajudar com a gestão de combustível. 

Continue lendo e aproveite as dicas!

1. Tenha KPIs bem definidos

Um KPI é um indicador-chave de performance. Ao estabelecer quais são seus principais indicadores, fica mais fácil acompanhar as metas estabelecidas para sua gestão de abastecimentos, como manter o consumo de combustível dentro do orçamento.

Veja alguns KPIs importantes:

  • quanto cada veículo está gastando;
  • custo geral de consumo;
  • gasto de combustível por quilômetro rodado;
  • a quantidade de abastecimentos que extrapolaram o previsto pelo gestor. 

Esses são alguns exemplos. Você pode adicionar outros indicadores de acordo com sua necessidade e realidade. 

2. Eduque os motoristas

Sabemos que isso é bastante óbvio, mas, você certamente sabe que às vezes o que se ensina não é assimilado. 

Além disso, treinamentos são necessários sempre que novos colaboradores entram para integrar a equipe. Aproveite esses momentos, junte a turma e reforce sobre as boas práticas no consumo de combustível. 

É importante relembrá-los sobre práticas nocivas — e que muitas fazem —, como andar com o veículo em ponto morto. Isso não ajuda a economizar combustível e ainda pode ser perigoso para o motorista. 

Faça dos treinamentos momentos informativos e reforce a política de gestão da empresa no que se refere ao consumo de combustível e demais aspectos. 

3. Considere as práticas indiretas de economia no consumo

A gestão de abastecimentos pode abranger as práticas indiretas, que também contribuem para a redução no consumo de combustível

A roteirização, por exemplo. Fazer o cálculo de rotas ajuda a encontrar o caminho mais curto ou o mais fácil, que impactam o gasto de combustível. 

A manutenção mecânica, pressão dos pneus, balanceamento e geometria, dentre outros, também são aspectos que influenciam diretamente no consumo de combustível. Então, esteja sempre atento a isso. 

Dica bônus: utilize um sistema de gestão de abastecimentos

Você sabe que quanto mais automatizados seus processos, mais tempo para avaliar, monitorar e melhorá-los?

Pois é! Por isso você deve apostar em soluções que tornem o controle de consumo de combustível mais fácil e eficaz

O sistema Rede Frota é uma dessas soluções. Com ele você acompanha tudo em tempo real e pode gerar relatórios para ajudar com seus KPIs.

Além disso, pode acompanhar o preço do diesel, pode centralizar as notas fiscais de abastecimentos para não precisar andar correndo atrás e também não perde o crédito fiscal do ICMS por falta de notas.

É tudo 100% digital (não precisa de autorização manual) e dá ao gestor muito mais controle sobre os abastecimentos. Por exemplo, o motorista só abastece onde você autorizar. 

Com o Rede Frota você sabe onde e quando seus veículos foram abastecidos e saiba quanto você vai pagar. Simples assim, sem sustos ou preocupações desnecessárias. 

Para abrir uma conta e solicitar sua análise para crédito, basta ir ao nosso site e clicar em “Abrir uma conta” → “Para transportadora”. 

Caso tenha alguma dúvida, fale conosco!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *