fbpx

Quem trabalha com gestão de logística em transporte com caminhões sabe muito bem quais são as dificuldades que este trabalho proporciona, mas nem sempre possui os conhecimentos acerca das melhores soluções para tais problemas.

Para que você possa gerir uma frota de caminhões de modo eficiente, hoje trazemos cinco dicas com foco na economia de tempo e de dinheiro, minimizando as possíveis complicações e maximizando seus lucros, cada vez mais. Acompanhe-nos agora:


5. Sempre tenha um planejamento de rotas

É claro que planejar suas rotas é um detalhe mais do que importante quando se trabalha com entregas e logística de transporte. Mas, e quando se está lidando com mais de um caminhão, mais especificamente com uma frota inteira… como fazer isso?

Ao gerir uma frota de caminhões, é indispensável ter um plano de rotas aprimorado, com análise específica de cada cliente, horários e prazos de entrega, bem como especificações e ordem de recebimento.

Tudo isso para reduzir o tempo gasto na entrega, gerar economia de combustível e evitar erros amadores, como erro de endereço, devolução de mercadorias e a entrega do mesmo frete por duas vezes seguidas.


4. Os motoristas devem ser seus melhores amigos

A visão e a cultura da empresa não podem ser apenas teóricas. Todas as práticas deverão ser alinhadas através de treinamentos e educação dos colaboradores de sua frota.

É normal surgirem dúvidas quanto a melhor maneira de se portarem em determinadas situações. Será sua responsabilidade facilitar o trabalho de toda a equipe e orientar as boas práticas no ambiente de trabalho.


3. Utilize softwares especializados em gestão de frotas

Você já ouviu falar nessa nova tecnologia?

O software especializado em gestão de frotas nada mais é do que uma ferramenta que vai te auxiliar na gestão de sua frota. O Rede Frota funciona assim.

Através da digitalização de informações, todos os dados de gerenciamento de notas fiscais e gerenciamento de crédito, por exemplo, estão reunidos em um só lugar. Você pode verificar facilmente a média de gastos de cada veículo e o preço do combustível em tempo real.

Além de disso, também é possível ter acesso a crédito nas melhores redes de postos do país. Tudo por meio de um sistema seguro e confiável, monitorado e atualizado 24hrs, evitando assim fraudes e falcatruas.


2. Fique de olho nos relatórios e nos números

Tudo o que pode ser contabilizado, também pode ser conferido e checado. Caso contrário, tudo vira uma bagunça absurda. Fique de olho nos relatórios de cada um dos componentes da frota, desde os caminhões até os seus motoristas.

Outro ponto que deve ser ressaltado é a conferência dos números entre as cargas que saem para entrega e as que chegam efetivamente ao seu destino. Confira se está tudo nos conformes antes e depois para evitar erros e aumentar sua credibilidade entre seus clientes.


1. Faça uso de processos automatizados

Nada melhor para economizar tempo do que automatizar procedimentos rotineiros. Investindo relativamente pouco, além de reduzir gastos desnecessários, ainda será evitado o transtorno de disponibilizar dinheiro trocado para os motoristas pagarem os pedágios.

A fim de sanar tal entrave, um belo exemplo é o uso de cartões automáticos. O sistema é simples e várias rotas pelo Brasil inteiro já possuem as cobranças automáticas implementadas em suas praças de pedágio. Basta se organizar e aderir a esta metodologia.


Conclusão

Se você gostou de nossas dicas de hoje, por favor, deixe um comentário para nós.

Se desejar ter acesso a mais conteúdos relacionados, continue acompanhando o nosso blog e inscreva-se para receber mais dicas em seu e-mail. Agora, se quer melhorar a gestão da frota de caminhões do seu negócio, conheça o software do Rede Frota.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *

Olá!