dicas para currículo para emprego de caminhoneiro

Um currículo bem elaborado é o primeiro e mais importante passo para conquistar aquela vaga desejada. No entanto, tem que estar atento às peculiaridades de cada vaga. Um emprego de caminhoneiro, por exemplo, tem exigências específicas, que devem constar no documento.

Em primeiro lugar, é preciso conhecer bem a empresa e saber o que ela procura quando contrata um motorista. A partir disso criar um currículo que se torne interessante aos olhos da empresa e do recrutador. 

Não é complicado, mas caso você fique com dúvidas, pode pedir ajuda para alguém da família ou algum conhecido. Também vamos ajudar com algumas dicas excelentes para que você consiga montar um currículo conciso e atrativo. 

Dicas para currículo para vaga de emprego de caminhoneiro

É bastante comum se ter dúvidas em relação ao que colocar e o que deixar de fora do currículo. 

No entanto, há alguns critérios que são muito usados pelas empresas, que são os requisitos indispensáveis para candidatura a um emprego de caminhoneiro — e esses sempre devem estar no documento. 

Vamos às dicas!

  1. Destaque seu perfil profissional e experiências 

Para a contratação de motoristas de uma frota é exigida experiência prévia — e esse requisito é indispensável para que o candidato tenha o perfil certo para o emprego de caminhoneiro.

  • Mas o que fazer quando não não há experiência prévia? Bem, nesse caso, tem que caprichar nos demais requisitos. Jamais se candidate, por exemplo, sem ter a categoria exigida de CNH (mínimo E) e já procure já ter cursos como o MOPP (Movimentação de Produtos Perigosos), Direção Defensiva e outros relacionados à área. 

Deixe bem claras suas competências, como as categoria da CNH e as empresas onde trabalhou anteriormente — com o tempo em que atuou nelas e qual função desempenhou, exemplo: “Empresa XX – transportava grãos do Rio Grande do Sul para São Paulo”. 

  1. Mantenha-se atualizado: estude

No item anterior falamos sobre cursos para quem é caminhoneiro. Pois bem, eles são essenciais — alguns, inclusive, obrigatórios — para quem quer desempenhar a função de motorista de frota. 

O mercado, de forma geral, está bem exigente em relação às qualificações de profissionais de áreas diversas.E não falamos em graduação ou pós, mas em adquirir expertise em sua área de atuação. 

Por isso, é fundamental o investimento na formação. Cursos de direção defensiva, primeiros socorros, mecânica básica, MOPP e outros são essenciais. Inclusive, criamos um artigo sobre isso, com dicas: Os principais cursos para a qualificação de caminhoneiros.

  1. Não coloque pretensão salarial

Deixe essa informação fora de seu currículo. Isso é um assunto para a entrevista, a não ser que a empresa peça isso no anúncio de divulgação da vaga. Então faça uma pesquisa sobre a média salarial para o cargo em sua região — para isso use a internet e pergunte para amigos de profissão. 

  1. Adicione outras competências técnicas e comportamentais 

Se você investiu em sua formação profissional técnica em outras áreas e se pode ser relacionado ao trabalho que você está pleiteando, de motorista de frota, não deixe de mencionar no currículo.

Exemplo: curso de inglês ou espanhol. Se você domina o idioma, pode ser um grande diferencial, afinal, a internacionalização das empresas é uma realidade e ter essa habilidade pode ajudar no desempenho de suas funções.

Também indique seu nível de familiaridade/conhecimento em tecnologia, afinal, ela é uma grande aliada de motoristas. 

Também são bastante valorizadas competências comportamentais, como relações interpessoais, gerenciamento de tempo, administração de conflitos e outras. 

  1. Mantenha documentos e exames em dia

As empresas precisam estar atentas à situação do candidato ao emprego de caminhoneiro. Qualquer desordem na documentação ou falta de algum exame, compromete a empresa.

Esta informação não consta no currículo, mas se o seu currículo ficar interessante e estiver de acordo com o que a empresa busca, você deve estar preparado para o próximo passo: a entrevista. 

Esse será o momento que você tem para mostrar que está atualizado sobre as exigências da função, sobre a Lei do Caminhoneiro e as obrigações dos profissionais da área e sobre o quanto você pretende se comprometer com a empresa. 

Em resumo, para se ter um bom currículo de caminhoneiro, é importante conhecer as especificidades da vaga, mostrar que você é a pessoa certa para aquela função e também estar em dia com as documentações necessárias.

Comente e compartilhe nosso post!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *

Olá!