Customização de caminhões é a adaptação dos veículos os tornando mais eficientes e personalizado de acordo com o gosto do proprietário.

Quem trabalha nas estradas tem no caminhão sua segunda casa. Por isso, é normal que o caminhoneiro queira deixá-lo mais aconchegante e prático. 

Além disso, precisamos falar do sentimento e orgulho que caminhoneiros têm com seu caminhão, não é mesmo? Isso nos leva a outro ponto relacionado à customização: de querer deixar o veículo bonito.

No entanto, para fazer qualquer tipo de alteração em seu caminhão, o profissional deve estar atento à legislação. Não pode simplesmente sair mudando tudo. 

Sendo assim, você quer saber o que pode e como deve ser feito em seu caminhão? Então continue a leitura deste post!

Customização de caminhões: dicas essenciais 

Entenda o que pode ser feito na customização de caminhões, o que é permitido e as orientações para isso.

1. É permitido o uso de película em caminhões?

Sim, é permitido, mas desde que não seja uma película muito escura. Na verdade, há uma definição sobre isso: as regras atuais dizem que o para-brisa incolor deve ter, no mínimo, 75% de transparência. Já o colorido deve ter 70% e o traseiro 28%. 

Não respeitar esses limites é infração considerada grave, com cinco pontos na carteira, multa de R$ 195,23 e retenção do veículo para que o mesmo seja regularizado.

2. Pode fazer alterações no motor?

Alterações no motor não são exatamente customização com finalidade estética, mas uma forma de promover melhorias no desempenho da máquina. É como fazer um upgrade, promovendo mais eficiência e potência. 

E há restrições para essas alterações? Nesse caso, não há limites para modificar a potência do motor, desde que tenha autorização dos órgãos competentes.

3. Pode instalar equipamentos e acessórios?

A instalação de equipamentos e acessórios com a finalidade de tornar funcional o interior do veículo (para armazenamento de alimentos, por exemplo) pode ser feita sem nenhum impedimento nem a necessidade de autorização.

4. Pode mexer em rodas e pneus?

Sabe aquela paixão por carros rebaixados? Pois é, jamais pense em fazer isso em seu caminhão, principalmente se o mesmo for utilizado como meio de trabalho. 

Entretanto, a alteração nos amortecedores é permitida, somente nos modelos fixos. Em suspensões reguláveis é preciso ter aprovação do INMETRO e também vistoria do Detran. 

Com relação à largura dos pneus, o Contran recomenda que eles não devem ultrapassar o limite do paralama.

Exemplo de customização: caminhões americanos com a bandeira dos EUA

5. Pode customizar o sistema de iluminação e sinalização?

Não pode fazer qualquer alteração nos sistemas de sinalização e iluminação. De acordo com o Contran, o que não faz parte da montagem original do caminhão não pode garantir segurança no trânsito.

6. Pintura

Uma das formas mais comuns de customizar um caminhão é com a pintura. Pode ser tanto o nome do negócio quanto uma pintura que agrade o dono, a ideia é usar a criatividade e a imaginação. 

No entanto, deixamos uma dica: se for seu meio de trabalho, pense na repercussão e em sua reputação, pois dependendo do tipo de pintura que fizer, vai atrair muitos olhares e também críticas. Apenas não deixe que isso atrapalhe o seu negócio/trabalho.

Se tiver dúvidas sobre uma pintura, pense em formas de tornar seu veículo mais potente e deixe a pintura para quando tiver certeza sobre sua decisão!

Gostou de nosso post? Então compartilhe e comente!

E não esqueça: seja você trabalhador autônomo ou transportadora, pode fazer o cadastro e solicitar nosso cartão.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *