O empreendedorismo cresceu muito no Brasil nas últimas três décadas. Seja a criação de pequenos ou grandes negócios, a receita é uma só: é preciso um bom planejamento e planos de ações eficientes.  

Como organizar uma frota de caminhões e abrir uma transportadora é um exemplo. É preciso bastante trabalho prévio sobre o mercado, legislação e, é claro, pesquisa de preços de veículos, a parte mais onerosa do negócio.  

Com o intuito de ajudar quem pretende investir no transporte de cargas, separamos algumas dicas. Leia e entenda o que é preciso para começar esse tipo de negócio.  

Como organizar uma frota de caminhões em 4 passos 

Muitos empreendedores têm vontade de montar uma frota para iniciar um negócio de transportes de carga e logística, mas existem certos aspectos a serem bem pensados e decididos antes de começar.  

Para organizar uma frota e começar a trabalhar, é preciso antes seguir alguns passos importantes:

  1. Se for começar do zero, decidir qual ramo de atuação pretende seguir. Veja alguns:

  • transportadora de cargas pesadas; 
  • transportadora de mudanças; 
  • transportadora de cargas perigosas; 
  • transportadora de veículos; 
  • transportadora de medicamentos; 
  • transportadora de mercadorias. 

Essa decisão influenciará nos demais aspectos, como legislação, tipo de veículo que será necessário adquirir, tipo de ajustes será preciso fazer no veículo etc.  

  1. Escolher se vai ter frota própria ou se será de caminhoneiros autônomos

Muitos empreendedores querem abrir uma transportadora mas não têm o interesse em ter sua própria frota – pelo menos não toda. Isso é possível, pois ele pode ter um ótimo tino comercial para gerenciar terceiros e o negócio dar super certo.  

Para isso, é preciso avaliar o custo-benefício de ambas para ter uma melhor tomada de decisão.  

  1. Montar um plano de negócios

Montar o plano de negócios dá ao empreendedor uma visão ampla sobre o mercado, a viabilidade dos serviços que pretende oferecer, os aspectos financeiros, dentre outros pontos.  

Também é fundamental pesquisar e estudar qual vai ser o seu público-alvo, como o mercado de transporte de cargas funciona e quais vão ser os principais concorrentes. O plano de negócio pode ser estruturado da seguinte forma: 

  • o que é o negócio; 
  • quais os principais serviços oferecidos; 
  • público-alvo; 
  • localização da empresa; 
  • área de atuação; 
  • capital a ser investido; 
  • meta de faturamento mensal; 
  • tempo previsto/pretendido para retorno do investimento. 

Neste momento ainda podem ser decididos: 

  • o tamanho da frota; 
  • os modelos de veículos; 
  • as formas de aquisição; 
  • as demais tecnologias para melhor gerir a frota. 
  1. Entender o que é necessário para fazer a gestão de frotas

É preciso conhecer bem a área para entender sobre tudo que precisa para fazer um gerenciamento eficiente da frota: 

  • política de frotas; 
  • treinamento de equipe operacional; 
  • treinamento de condutores; 
  • gerenciamento e gastos; 
  • gerenciamento de multas; 
  • planos de manutenção etc.  
  1. Pesquisar a burocracia

Para começar qualquer tipo de negócio há muita burocracia envolvida. Veículos, por exemplo, precisam de pagamento de IPVA, seguro e várias outras taxas. Se for fazer viagens internacionais é preciso verificar as exigências para a circulação em países vizinhos.  

Para montar uma transportadora também é preciso fazer um requerimento no Registro Nacional de Transportes Rodoviários para poder atuar na área.  

Esses são alguns passos essenciais para quem pretende montar uma frota de caminhões.  

Qual outra dica você adicionaria à nossa lista? Diga nos comentários! 

Nos vemos no próximo post!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *

Olá!