Quem tem como rotina o carregamento e descarregamento de seu possante, tem uma figura que é essencial para que isso aconteça: o chapa de caminhão. 

Normalmente esses trabalhadores ficam em postos ou paradas próximas a transportadoras segurando placas com anúncio de seu serviço. 

E o que exatamente eles fazem? Hoje nosso artigo é voltado a esse profissional, parceiros que os caminhoneiros frequentemente precisam. Saiba mais!

O que faz um chapa de caminhão?

O chapa de caminhão é um trabalhador avulso, que trabalha sem vínculo empregatício. 

Sua função é carregar e descarregar caminhões, seja qual for a carga: material de construção, alimentos, móveis e vários outros tipos de produtos. 

Esses trabalhadores costumam ficar também às margens de rodovias e frequentemente também ajudam caminhoneiros a encontrarem o local de entrega, sobretudo em cidades grandes. 

Quanto ganha um chapa?

Por ser uma atividade considerada como “bico”, não há um valor fixo para esse profissional. 

Tudo é previamente combinado com o motorista, e os valores variam conforme tipo de carga, assim como os ganhos mensais. 

Posso contratar um chapa sem problemas? A profissão é regulamentada por lei?

Caminhoneiros podem contratar chapas sem nenhum problema. O mesmo vale para transportadoras, que muitas vezes precisam dos serviços desses trabalhadores em casos de demandas inesperadas. Esses profissionais são também indicados por agenciadores de cargas. 

Em relação à lei que ampara essa profissão, é a 12.023, de 2009. Essa lei trata especificamente de atividades de trabalho avulso com movimentação de mercadorias, portanto, é a que regulamenta a atividade dos chapas. 

Um chapa pode trabalhar formalmente?

Pode sim. Esse profissional pode ser contratado por transportadoras e se tornar parte do time de colaboradores. Dessa forma, esse trabalhador tem não somente um salário fixo mensal, como os demais benefícios. 

No entanto, muitos preferem trabalhar na informalidade, sobretudo aqueles que têm bons contatos e que conseguem bastante trabalho. A principal razão é o valor que o que eles ganham no mês ser maior do que se estivessem trabalhando formalmente. 

Agora nos conte: como é seu entrosamento com chapas? Conhece muitos? O que você pode nos contar a mais sobre esses trabalhadores?

Use o espaço dos comentários para contar!

Nos vemos no próximo post!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão destacados com *